ptenfrdeitrues

A iCapa da Cartilhadeia de adquirir uma faixa de terra na região deriva diretamente da realização de pesquisas científicas no Parque Estadual do Jalapão focadas na relação de usos e problemas ambientais. Muito antes disso já vínhamos estudando a região, ainda na primeira metade da década de noventa, ano de 1993, quando o Jalapão não tinha nenhuma unidade de conservação ou atividade turística.

Dez anos depois, ainda com todas as limitações de infraestrutura, a região já tinha ganhado notoriedade nacional como destino turístico com artesanato de capim dourado e as expedições e rallys de aventura. Além dessa nova pressão outras práticas de uso do solo geram problemas ambientais, especialmente as queimadas anuais, sejam nas propriedades rurais sejam para as unidades de conservação. 

Desenvolvemos e coordenamos alguns projetos de apoio a conservação de todo o Jalapão, especialmente voltados ao estabelecimento da capacidade de carga dos atrativos dentro das unidades de conservação e em extensão uma cartilha de Educação Ambiental para os moradores e visitantes da região.

Leia mais...

A história do conservacionismo e do pioneirismo da operação turística em seus vários segmentos no Jalapão são aqui resgatados. As viagens e seus desafios são registros de uma variedade de descobertas em busca de “desbravar” a região... ora por puro prazer em superar dificuldades de acesso, ora por alcançar os paraísos naturais, ora por gerar um legado sócio-ambiental.

fotomemorial1 xingu1

   Pesquisadores, expedicionários, operadores de turismo, produtores de cinema, artistas e você estão aqui deixando sua pegada.

 

selo greensteps 2013Hoje em dia o aquecimento do planeta é uma realidade que nos afeta. Independente de argumentos exagerados, o certo é que precisamos manter e plantar árvores. Assim temos buscado reduzir nossa pegada em cada atitude com criatividade.

Além de plantarmos árvores na área tomamos a iniciativa pioneira de ao construir a estrada de acesso as nossas instalações neutralizarmos a emissão de gás carbônico gerado pelas obras. Assim, em termos de implantação, lançamos a primeira estrada Carbono Zero na Região Norte do Brasil com os procedimentos de neutralização de 19 toneladas de carbono emitido.

Leia mais...

Logo IMAGEMDesde a aquisição da área, a conservação foi o motivo gerador de todo esse empreendimento, alçar uma bandeira em prol do uso sustentável do Jalapão. Nesse caminho transformamos a chamada Serra da Catedral e seu entorno numa Unidade de Conservação, vinculada ao SNUC – Sistema Nacional de Unidades de Conservação.

 

A partir de 2005 tramitamos passo-a-passo com os procedimentos legais de regularização fundiária e averbação de áreas protegidas (Reserva Legal e APPs), até que em 2008 partimos para a transformação da área em Reserva de Patrimônio Natural.

Foram desenvolvidas todas as etapas oficiais segundo o SNUC dentro do Ministério do Meio Ambiente, IBAMA e ICMBIO, até chegarmos ao gravame em cartório de destinação perpétua da área para conservação. Assim em âmbito federal é  publicada em Brasília a PORTARIA Nº 58, em 28 DE JULHO DE 2010 criando a Reserva Particular de Patrimônio Natural Catedral do Jalapão, justamente no Dia Internacional da Conservação da Natureza.

logo cnuc

Uma RPPN é tal qual um Parque Ecológico, destinado a proteção integral da biodiversidade do local, podendo haver apenas atividades de pesquisa e ecoturismo. Em frente a RPPN Catedral do Jalapão projetamos o Farol das Reservas Naturais do Brasil.

Convidamos você a apoiar também essa iniciativa!

adote uma montanha